segunda-feira, 29 de abril de 2013

Rui Machado afasta Thiemo de Bakker e entra no quadro principal do Portugal Open



                                             (Foto de Pedro Ferreira do Jornal Record)


Rui Machado, nº330 mundial, conseguiu um excelente triunfo no dia de hoje e vai disputar pelo 6º ano consecutivo o quadro principal do Portugal Open, prova de categoria ATP World Tour 250 disputada sobre terra batida e que distribui 410 200 € em prémios monetários.

Na ronda decisiva do qualifying do torneio português, diante o 2º cabeça de série Thiemo de Bakker, nº87 do mundo, Rui Machado levou a melhor pelos parciais de 7-5 6-2 ao cabo de 1H15m de encontro. Esta vitória foi até ao momento a melhor do jogador algarvio na presente temporada, mais virão concerteza.

O português encetou uma bela recuperação no 1º set, onde esteve a perder por 2-5 e conseguiu fazer 7 jogos consecutivos para adiantar-se em 7-5 2-0. O português entrou com um break no 2º set e não largou mais essa vantagem fazendo depois ainda mais um break para fechar com o 6-2 final.

Chegada a hora de comentar o triunfo, o português estava visivelmente satisfeito: "Hoje foi bom. Foi uma boa recuperação mas o que eu tiro desse primeiro set é que fiz o que tinha a fazer. Mantive-me no jogo à espera da oportunidade. Ele entrou bem em campo, eu não podia fazer muito diferente mas tive a paciência para me manter no jogo e aproveitar as oportunidades", afirmou Machado em conferência de imprensa.
O português lembrou ainda a recuperação por que teve de passar para estar de volta às boas exibições: "Estou mais competitivo, muito mais perto do meu melhor ténis e posso confessar que no 5-2 pensei que já tinha valido a pena as sessões de fisioterapia porque são estas sensações e estes momentos que me fazem jogar todos os dias", concluiu o antigo número 59 do ranking mundial.
1ª ronda quadro principal do Portugal Open
Machado conhecerá ainda hoje o seu adversário da 1ª ronda do quadro principal e já sabe que será um destes quatro tenistas: o romeno Victor Hanescu, o espanhol Pablo Andujar, o francês Julien Benneteau e o italiano Paolo Lorenzi são as hipóteses.

Boa sorte Rui, vamos !

Sem comentários:

Publicar um comentário